Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Secretária de Educação avalia positivamente reunião na Escola Emilio da Silva e destaca encaminhamentos

Publicado em 21/09/2022 às 17:47 - Atualizado em 21/09/2022 às 17:48

Foto Gênesis Costa - Divulgação Baixar Imagem

Na manhã desta quarta-feira (21), uma nova reunião foi realizada entre a Gestão Municipal e a Escola Professor Emílio da Silva, para definir as metas e as ações a serem implantadas na unidade escolar.

A secretária de Educação, Armelinda Walz Schmitt avalia que o encontro foi positivo.

“A reunião foi importante para traçarmos as metas, envolvendo Administração Municipal, Secretaria de Educação, Conselho Tutelar, Poder Legislativo, professores, toda equipe da escola e representação de pais. Nossa gestão está comprometida em dar um respaldo à comunidade escolar e por isso convocou reuniões, em que foram aprovadas medidas importantes para a segurança escolar”, ressaltou Armelinda.

O prefeito Felipe Voigt e o vice-prefeito, Lauro Tomczak fizeram questão de participar das reuniões. Representantes do Conselho Tutelar e Assistência Social auxiliaram no esclarecimento de todos os pontos importantes sobre o assunto.

Os itens acordados e aprovados entre os presentes foram:

• Todos os pais devem respeitar os horários de entrada e saída dos alunos na unidade escolar;

• Será construído um cronograma com o trabalho voluntário de pais neste momento, para monitorar a entrada e saída de alunos nos dois portões da Emílio da Silva, pelo menos meia hora antes do início das aulas em cada período;

• O trabalho voluntário dos pais será provisório, até que a Prefeitura consiga encaminhar todos os trâmites para o serviço de vigilante na unidade escolar;

• Será elaborado um Protocolo de Segurança a nível de Município;

• Todas as orientações com relação a alunos, situações que ocorrem dentro da unidade, horário de entrada e saída e demais abordagens estão contidas dentro do Regimento Escolar da unidade, aprovada em Assembleia de Pais no mês de fevereiro deste ano.

• Em relação aos alunos envolvidos diretamente no caso, a Secretaria Municipal de Educação e o Conselho Tutelar abordaram que uma das situações já está resolvida junto à família e a outra também está sendo tratada com a família do menor.

• Foi solicitada a ampliação do quadro profissional face à Orientação Escolar;

• Foi solicitada a contratação de assistente social e psicóloga para a educação, para auxiliar nessas questões. Contudo, a secretária de Educação já havia se posicionado, salientando que essas vagas serão contempladas no Concurso Público e já iniciaram as tratativas para esses levantamentos e orçamentos;

• Será feito um trabalho de acompanhamento com psicóloga e psicopedagoga para os alunos da unidade escolar;

• A comissão, criada na primeira reunião, irá acompanhar todos os trabalhos e tratativas aprovadas.