Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Sábado é Dia D de vacinação contra a gripe

Publicado em 08/05/2015 às 14:45 - Atualizado em 08/05/2015 às 14:45

A Prefeitura Municipal de Schroeder, através da Secretaria de Saúde, informa à população a data do Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Será neste sábado, dia 9, e todas as unidades de saúde com sala de vacina estarão abertas, inclusive de Itoupava Açu, das 7h30 às 17h.

Mais de 54 milhões de doses da vacina estão sendo disponibilizadas aos estados e municípios para garantir a vacinação de cerca de 49,7 milhões de pessoas. A meta é garantir a vacinação de 80% do público-alvo, 39,7 milhões de pessoas, até o fim da campanha, em 22 de maio.

Devem comparecer nos postos as gestantes em qualquer fase de gravidez, idosos com 60 anos ou mais e as crianças de seis meses a menores de cinco anos. Também serão vacinadas as puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da área da saúde, portadores de doenças crônicas e os presos e funcionários do sistema prisional.

 

Esclareça as principais dúvidas sobre a gripe:

 - Gripe merece atenção – a doença pode levar a complicações como sinusites, otites, pneumonia e até a morte;

- Os sintomas da gripe são febre alta, fraqueza, dores no corpo, tosse e mal-estar. A pessoa contaminada pode ficar doente por até duas semanas;

- Resfriado não é gripe - o resfriado é gerado por vírus diferentes do da gripe e apresenta sintomas mais leves como coriza, discreto mal-estar e a febre não é frequente;

- O vírus da gripe é transmitido através da tosse, espirro ou durante uma conversa. A contaminação pode ocorrer por via respiratória ou por meio do contato com locais infectados, como corrimões e apertos de mão;

- Medidas simples como evitar aglomerações, lavar as mãos com água e sabão ou higienizá-las com álcool gel após contato com superfícies ou depois de espirrar e tossir contribui para a prevenção;

- Espirrar e tossir contra o braço (e não na mão) ou em lenços descartáveis, também ajuda a evitar a gripe.

 

Sobre a vacina

A vacina contra influenza é segura e uma das medidas mais eficazes de prevenção a complicações e casos graves de gripe. Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

Como o organismo leva, em média, de duas a três semanas para criar os anticorpos que geram proteção contra a gripe após a vacinação, é fundamental realizar a imunização no período da campanha para garantir a proteção antes do início do inverno. O período de maior circulação da gripe vai de final de maio a agosto.

Após a aplicação da vacina, podem ocorrer, de forma rara, dor no local da injeção, eritema e enrijecimento. São manifestações consideradas benignas, cujos efeitos costumam passar em 48 horas.  A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores ou para pessoas que tenham alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados. É importante procurar o médico para mais orientações.