Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Macaco encontrado morto em Schroeder acende alerta para a febre amarela e Vigilância pede que população se vacine

Publicado em 28/06/2021 às 11:23 - Atualizado em 28/06/2021 às 11:23

A morte de um macaco na última sexta-feira (25) em Schroeder acende o alerta para a febre amarela.

Conforme o setor de Vigilância Epidemiológica do Município, o animal foi localizado no bairro Braço do Sul, na região próxima ao fim do asfalto da rua 3 de Outubro, e aparentava estar morto há mais de 24 horas - o que impossibilitou a coleta de material para análise.

“A gente não sabe ao certo como esse animal morreu. Estamos divulgando para que a população fique ciente, e que todas as pessoas que não possuem vacina contra a febre amarela procurem os postos de saúde que têm sala de vacina para se proteger”, enfatiza a enfermeira Cristiane de Lima Pacheco.

A profissional explica que em um raio de 350 metros do local da morte do macaco, a Vigilância Epidemiológica precisa vacinar somente as pessoas que ainda não foram imunizadas contra a febre amarela, ou que não possuem comprovante.

“As pessoas que moram naquelas imediações devem procurar uma unidade de saúde para saber se elas têm a vacina ou não. Se não tiverem, já serão vacinadas. A gente orienta que não só as pessoas daquele bairro, mas toda a população de Schroeder busque se vacinar, pois já tivemos epizootia em outros locais da cidade, então, o ideal é que todos recebam a vacina, já que o animal se desloca muito”, salienta.

Cristiane frisa que não é o macaco que transmite a febre amarela, mas também é acometido pela doença ao ser picado pelo mosquito transmissor.

Ao vir para a área urbana em busca de alimento, já que o município é grande produtor de bananas e outras frutas, esse animal pode ter contato com o Aedes aegypti, pois Schroeder apresentou alguns focos do mosquito.

“Se o Aedes aegypti pica um macaco que também está doente da febre amarela, ele [o mosquito] pode começar a transmitir para os moradores de Schroeder. Por isso é importante a vacinação da população”, destaca.