Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Secretaria de Agricultura de Schroeder registra alta demanda de atendimentos veterinários

Publicado em 30/06/2021 às 08:26 - Atualizado em 30/06/2021 às 08:50

A Secretaria Municipal de Agricultura de Schroeder vem realizando uma média de seis atendimentos veterinários por dia aos pequenos produtores rurais. A demanda atual é considerada grande pela diretora de Agricultura, Somira Hackbarth Kasmirski. Com o intuito de apoiar as pequenas propriedades, esse trabalho vem exigindo cada vez mais do setor.

A veterinária responsável pelos atendimentos, Kamile Leone Molina Negherbon, diz que a principal necessidade é de manejo. “O atendimento veterinário prestado pela Agricultura foi criado com o intuito de auxiliar a produção animal. O nosso município, hoje, tem cultura de subsistência animal. Então, são poucos os produtores que realmente vivem da pecuária, de corte e gado de leite. Geralmente, ele tem outra cultura como principal, e agregam animais para subsistência”, explica a profissional.

Com criações diversificadas e em pequenas quantidades, a demanda é por serviços que cabem ao proprietário ou profissional técnico, de acordo com a veterinária. Os agricultores pagam uma taxa pelo atendimento oferecido pela Prefeitura.

“Na verdade, a veterinária deveria atender emergências, mas, ela atende bastante manejo e nós autorizamos essa prática até o produtor tomar ciência de suas responsabilidades ou entender melhor do manejo do animal”, justifica a diretora Somira.

A prática foi permitida justamente por atender cultura de subsistência, ressalta a diretora, pois é sabido que não há muitos profissionais técnicos à disposição no município. Entre os serviços prestados hoje, estão atendimento a animal doente, aplicação de medicamentos, vacinação, castração, colocação de brinco e a inseminação feita pela inseminadora Ana Paula Kreis.

“Todo e qualquer atendimento subsidiado pela Secretaria da Agricultura deve passar primeiro pelo setor, através do telefone, ou pessoalmente na Secretaria fazendo-se uma ficha. Inclusive os atendimentos veterinários e de inseminação”, ressalta Somira.

Além do atendimento clínico, a veterinária também faz a inspeção de produtos de origem animal. A lei municipal prevê atendimento veterinário para animais de grande porte de subsistência familiar, não podendo realizar atendimento a animais de estimação e pequeno porte. Mais informações pelo telefone (47) 3374-6538.

O setor também faz um trabalho orientativo quando recebe denúncias de maus-tratos.